Retorno das Férias!

Voltar das férias é sempre um problema, se readaptar a rotina é estressante. O barulho do despertador e da cidade acordando, o trânsito e a correria do dia a dia, tudo contribui para um retorno maravilhoso, não é?

Quando estamos em casa temos a impressão que o mundo para, porque tecnicamente é o lugar onde estamos seguros e aconchegados, coisa que não é. Independente disso, ainda é cansativo estar em casa sem nada para fazer. Melhor estar na ativa enfrentando turbilhões de coisas que podem transformar seu dia estressante ou não, do que ficar apodrecendo no sofá e se alienar com as coisas da televisão.

Sem contar que nem sempre nas férias vou viajar, porque a vida não é um milhão de dólares para todos. Sim, fiquei em casa nessas férias, mas eu sei me conservar e achar coisas para fazer em todo o meu tempo livre, como escrever.

Enfim, é difícil sim retornar, mas não é impossível, afinal estou aqui não estou? O segredo para um bom retorno de férias consiste em três coisas básicas, paciência, paciência e paciência. Sem mais delongas, BOM RETORNO DAS FÉRIAS!

Anúncios

QUEM É ELE?

Era difícil entende-lo, sempre falava muito rápido, ainda mais quando apressado. Era Médico, Professor e Jornalista, mas gostava mesmo era de ser cantor. O chuveiro foi por muitos anos seu fã de carteirinha. A criança cresceu e hoje ela é um homem. Mas não só isso, ele é feliz, sempre foi, mas hoje é mais, muito mais.

Falar apressado ainda faz parte da sua rotina, justamente por ser descendente de italiano. Sua frase de vida é vada dritto (Siga em frente). Sem contar os braços, tinham vida própria e ainda têm; encenam cada palavra que sai da boca.

Não importa onde esteja seu lugar seguro, sempre será junto com sua mãe e pai. Vale lembrar também que um sorriso no rosto sempre carrega, talvez seja o fato de viver na cidade do céu azul.

Medo? Quem não tem. É difícil compreende-lo, sempre possui artimanhas para não deixar ninguém entrar. Por fora é um soldado pronto para atacar, por dentro é um homem com grandes sonhos. Talvez seja uma mistura dos dois, ou ele quer ser os dois ou já é. E mais uma vez ele tenta enrolar. Seu medo? É o tempo.

Você sabe quem é ele? Uma dica. No final da página. Sim, esse é o nome dele.

Yan Nunes